Uma jornada de conhecimento

Para esta edição do Pé Na Estrada atravessamos os meses de junho e julho numa jornada em busca de conhecimento. Nossa equipe viajou até o Rio de Janeiro onde visitou a unidade da Embrapa Tecnologia Agroalimentar, em Guaratiba, para entender como funciona o trabalho dos pesquisadores que têm a missão de garantir a qualidade e segurança dos alimentos que chegam até a mesa do consumidor. Desde o plantio, passando pela colheita, até o envase dos produtos, tudo é estrategicamente pensado. Para nossos aventureiros do Pé Na Estrada, essa foi uma experiência de importante aprendizado.
Voltando ao estado de São Paulo, na escaldante cidade de Araçatuba, desembarcamos para a cobertura da 58ª Exposição Agropecuária da cidade. O tradicional evento – que é o maior da região noroeste paulista – apresentou ao público o que o universo agro tem de melhor. Além da exposição de animais e pistas de julgamento – com destaque para a Copa Grandes Criadores da raça Nelore, a feira também brilhou nas competições e desfiles da raça Mangalarga.
Descendo mais ao Sul, na região dos Campos Gerais, em Ponta Grossa/PR, estivemos presentes na XXX Fenovinos – a 1ª edição realizada em solo paranaense. O evento itinerante reuniu a elite da ovinocultura das regiões Sul e Sudeste, e entre criadores locais e outros vindos do Rio Grande do Sul, nos sentimos em casa ao lado dos amigos paulistas de anos de estrada. Ainda na região nos aventuramos em um dia de campo, percorrendo três grandes fazendas no município de Teixeira Soares, onde o objetivo principal era aprender os segredos e conceitos de uma pecuária moderna e eficiente. Nossa passagem por Ponta Grossa foi breve, mas deixou na lembrança a saudade de dias ensolarados e tardes geladas na charmosa estação de inverno dos campos paranaense.
Estivemos também no Rancho MicroPig, em Vargem Grande Paulista/SP, para conhecer um pouco sobre a história da família Heesch, que começou seu negócio com a criação de minissuínos. Inicialmente, os primeiros exemplares foram trazidos dos EUA, e para aperfeiçoar a genética vieram novas raças para redução e melhoramento genético da espécie. Hoje fazem parte do plantel outras miniaturas, como minivacas, minipôneis e minicabras, todos para serem animais de estimação.
Já no município de Cesário Lange/SP, visitamos a Fazenda SFS, do empresário Sergio Felipe dos Santos. A visita fez parte da produção de mais uma edição da Casa de Fazenda. A sede, de 750 m², passou por uma reforma que lhe deu toques de modernidade, mas sem deixar de lado o tradicional charme de uma casa na fazenda. Um colírio para os olhos e também para alma.pe-na-estrada_amarok-volkswagem-noticiasdoagro-carrinho

 

 

Você também pode gostar de:

Caravana da Produtividade 2017 começa hoje

A Boheringer Ingelheim acaba de lançar a 3ª