Governador destaca produção sustentável

dinapec fev18O presidente da Famasul, Maurício Saito, teve o mesmo posicionamento sobre produção sustentável

 “Se hoje vamos ultrapassar em Mato Grosso do Sul as barreiras dos 20 milhões de toneladas produzidas de grãos devemos esse resultado aos trabalhos de pesquisa e difusão de incremento de novas tecnologias – que dão estabilidade, segurança, conservação e sustentabilidade ao setor produtivo”.

Com essas palavras, o governador Reinaldo Azambuja destacou a importância da produção sustentável para o desenvolvimento do agronegócio sul-mato-grossense, atividade econômica que tem contribuído para o aumento do PIB (Produto Interno Bruto) estadual, colocando o estado como um dos maiores produtores do País.

Reinaldo Azambuja falou sobre o assunto  nesta quarta-feira (7), na Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), durante o lançamento da  13ª edição da Dinâmica Agropecuária (Dinapec) 2018 – feira de divulgação de soluções tecnológicas para os sistemas de produção, realizada pela Embrapa Gado de Corte e pela Famasul.

“Hoje o produtor consegue conciliar produção e sustentabilidade, graças aos investimentos em ciência e tecnologia, gerando bons resultados e desmistificando a questão de que a produção causa danos ambientais”, ressaltou o governador. Neste ano, a Dinapec terá como tema central a “Agropecuária de Baixo Carbono”. A feira será realizada de 7 a 9 de março, em Campo Grande.

O presidente da Famasul, Maurício Saito, teve o mesmo posicionamento sobre produção sustentável. “Se não fosse a academia e a comunidade científica, não teríamos à disposição dos produtores tantas novas tecnologias sustentáveis de produção. E isso reflete também no interesse da sociedade: produção pautada pela sustentabilidade, focando não só o lado econômico, mas também o ambiental e o social”, afirmou.

Realização

A realização da Dinâmica Agropecuária tem o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (SEDESC), Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja de MS (FUNDEMS).

Apoiam também a iniciativa a Fundação MS, Fundação Chapadão, Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária e Ambiental (Fundapam), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/MS), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Rede ILPF, Geneplus, Tramasul, Coimma, Companhia Nacional de Nutrição Animal (Connan), Sistema Brasileiro do Agronegócio, Agrobrasil TV e DBO. O patrocínio é da Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras (Unipasto), do Banco do Brasil e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

FONTE: http://www.acritica.net/editorias/geral/governador-destaca-producao-sustentavel-para-desenvolvimento-do-agrone/273312/

Você também pode gostar de:

Genesis Group e PariPassu anunciam união

Genesis Group e PariPassu, empresas líderes em soluções