Esalq: Alunos visitam áreas de experimentos

JpegJpeg

 

Alunos de Pós-Graduação em Ciência Animal e Pastagens da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”- Esalq/Usp, acompanhados pelo professor Carlos Guilherme Silveira Pedreira, estiveram no Instituto de Zootecnia (IZ), da Secretaria e Agricultura do Estado de São Paulo, visitando áreas de pesquisa dentro do Programa de Produção Animal em Sistemas Integrados (Propasi), atualmente um dos Programas de destaque do IZ. Estagiários do IZ vinculados ao Propasi também participaram do encontro.

Os visitantes foram recebidos pela pesquisadora Flavia Maria de Andrade Gimenes, responsável pela visita, e pelos pesquisadores Ricardo Lopes Dias da Costa, da área de ovinocultura, Linda Mônica Premazzi, Fábio Prudêncio de Campos, Luciana Gerdes e Waldssimiller Teixeira Mattos, da forragicultura e pastagens.

Os alunos visitaram a unidade de ovinos, o sistema de produção a pasto e o programa Intergados para ovinos. No Laboratório de Nutrição Animal, foram recebidos pela Técnica de Apoio à Pesquisa, Patrícia Brás que explicou todo o processo para as análises dos alimentos e suas metodologias realizadas.

Na área de forragicultura visitaram o projeto de integração entre árvores de mogno africano e pastagens de capim Marandu (Braquiarão), com estudos de implantação pioneiros entre essas espécies. No Laboratório de Forragicultura conheceram diversos acessos de gramíneas e leguminosas forrageiras e o projeto de pesquisa de pastos consorciados entre capim Marandu e a leguminosa macrotiloma.

O professor, Carlos Guilherme Silveira Pedreira, que atua na área Forragicultura e Pastagens, destacou a importância do contato dos alunos com as atividades do IZ na área de sistemas integrados. “Eles ganharam uma nova perspectiva sobre as pesquisas do IZ com pastagens e nutrição animal, enriquecendo o  conhecimento na área.”

Pedreira comentou ainda sobre a importância do acervo de plantas forrageiras presentes no Banco de Germoplasma, materiais que podem ser utilizados em aulas de graduação e pós – graduação dos alunos, também da Esalq e outras Instituições de Ensino e Pesquisa. “A equipe de pesquisadores do IZ, jovem, competente e dinâmica, e tem realizado um excelente trabalho, mantendo o alto nível científico, tradição da pesquisa do IZ”, elogiou.

Para Flávia, o interesse dos alunos pelas áreas visitadas mostra a importância do intercâmbio entre a Esalq e o IZ, pesquisa e ensino, sendo enriquecedor para os alunos e para os pesquisadores que trocam experiências. “A Esalq possui também Laboratório de Plantas Forrageiras, que é uma referência em estudos de fisiologia e manejo de pastagens, contribuindo para a troca de informações técnico-científica, com aumento nas  possibilidade de interação e parceria”.

Para o aluno de engenharia agronômica, Carlos Henrique Franco Silva, é de extrema importância esse tipo de visita à instituição. “Há uma grande necessidade de difundir novas tecnologias de produção, agregando valores cada vez maiores ao nosso agronegócio e, assim, a pecuária nacional ser reconhecida pela eficiência de suas atividades, não somente pelo tamanho de nossas produções”, destacou.
O estudante de mestrado da Esalq/Usp, Otávio Goulart de Almeida, destacou a relevância do IZ em gerar conhecimento científico e técnico. “Visitar esta Instituição é sempre muito gratificante, pois é formada por profissionais gabaritados e com grande sabedoria a ser transmitida.”
O IZ recebe visitantes, estudantes e produtores, com agendamento.

 

FnSocial | Por Lisley Silvério
Secretaria de Agricultura e Abastecimento SP

Você também pode gostar de:

Soja – sobem os preços na Bolsa de Chicago

  Sobem os preços da soja negociados na