AMCAP – Cooperativa de Caprinos e Ovinos do Cariri

reuniao_AMCAP_caprino_2-600x450

 

 

O plenário da Câmara de Vereadores de Serra Branca ficou lotado com prefeitos, secretários de agricultura e representantes da caprinovinocultura da região do Cariri nesta manhã de terça-feira (08). Uma audiência pública encabeçada pela AMCAP foi convocada para discutir a criação de uma cooperativa de criadores de caprinos e ovinos da Paraíba, a partir de produtores do Cariri, região mais forte no segmento da caprinovinocultura no Estado.

A reunião contou com a participação dos prefeitos de Ronaldo Queiroz ( Gurjão), Givaldo Limeira (Coxixola), Jefferson Roberto (São José dos Cordeiros), Cláudio Chaves (Pocinhos), Silvano Dudu (Caraúbas), Sandro Môco (Camalaú), Júnior Quirino (Congo), além do vice-prefeito de Serra Branca Joda Zuza. Para os presentes, o encontro foi muito produtivo e um passo decisivo para o fortalecimento da caprinovinocultura no Cariri, a depender apenas da mobilização dos próprios produtores.

Segundo o prefeito Ronaldo Queiroz, a criação da cooperativa vai possibilitar que a produção de derivados de caprinos possa ser aproveitada em sua integralidade e não apenas sua produção leiteira através do programa do Leite. “Temos dois laticínios na região, sendo um em Gurjão e outro na Prata, e poderemos buscar investimentos para eles a fim de que possam receber a produção dos criadores do Cariri e passem a fornecer iogurtes, queijos e outros produtos”, explicou o gestor.

Ronaldo informou ainda que o Governo do Estado já sinalizou que tem um prédio em João Pessoa que poderá ser cedido à cooperativa para ser um ponto de venda dos produtos do Cariri em nível de Estado. Outro prédio pode ser alocado em Campina Grande para expandir o volume de vendas e através da legalização da cooperativa é possível ainda fazer parcerias público-privadas e exclusivamente com a iniciativa privada para comercializar a produção caprina da região, gerando renda e riquezas para a região.

Segundo o prefeito de Coxixola, Givaldo Limeira, uma nova reunião foi agendada para o final deste mês também em Serra Branca e o objetivo é mobilizar mais ainda os produtores, pois são eles os mais interessados e depende dos mesmos o engajamento para que o projeto da cooperativa vá adiante. “Nós estamos dando o primeiro passo, mas quem fará o caminho são os produtores e depende apenas deles o desenvolvimento da atividade na região”.

fonte camalaunoticiasblog.com

Você também pode gostar de:

Caravana da Produtividade 2017 começa hoje

A Boheringer Ingelheim acaba de lançar a 3ª